terça-feira, 5 de janeiro de 2010

SOBRE O BOATO DO PROCON

Pairou nos últimos dias o boato que eu havia acertado com o prefeito de sete lagoas a minha ida para o Procon-Municipal. Primeiramente quero deixar claro que não é meu perfil legislar em causa própria, portanto, jamais procuraria o prefeito para negociar meu espaço no governo. Em relação ao boato para eu assumir o Procon de fato ocorreu nos bastidores da Prefeitura. Porém, graças a Deus o prefeito não chegou a oficializar. O prefeito ia começar muito mau a sua relação com a nova direção insistindo em tratar o nosso partido de forma pessoal e não política. O partido não é o Sílvio, mas um conjunto de pessoas e de idéias que irei representá-los. O atual prefeito tem que entender que nossa participação no governo não se resume aos cargos apenas, nós queremos discutir a política. Se o governo entender que é secundário discutir a política e achar que os cargos podem desviar a atenção dos petistas está muito enganado. Vou torcer para que o governo mude a sua relação com o nosso partido pois acredito que é o governo que precisa de nós e não o contrário.Por fim, prefiro continuar acreditando que no momento certo abriremos uma negociação política com o governo que reafirmará as diretrizes da aliança.

7 comentários:

ENIO EDUARDO disse...

Muito bem Sílvio é desta forma que um presidente como você deve se posicionar, de forma clara, objetiva. Mais claro do que isto não tem jeito.
Abraço, ENIO

Diego disse...

Sílvio gostei muito do seu posicionamento é isso mesmo até que fim uma atitude petista...

Cláudio Busu disse...

Muito bem Sílvio.

Vejo que posso ficar tranquilo ao passar o cargo para você. E com relação ao atual Governo, cada vez mais se distancia do Partido. Não vai ser através de cooptação que ele vai calar nossos companheiros. Este governo está em dívida conosco e a aliança está fragilizada mais do que nunca em razão deste desprezo. Vamos a luta.
Abraço,

Busu

Reflexão e Comunicação disse...

Penso que essa postura é de fato coerente e correta. Isso faz parte da ótica do Partido dos Trabalhadores (PT)!

José Geraldosa

Eudes disse...

Sílvio o que vc pensa em fazer para que o governo, que fazemos parte, deixe de cumprir apenas as diretrizes tucanas..

Blog de Flávio de Castro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Blog de Flávio de Castro disse...

Silvio,
As mudanças que queremos na política são, em última instância, mudanças de comportamento. Ou seja, precisamos praticar aquilo que pregamos. Se defendemos a 'impessoalidade', o não personalismo, a ação política baseada em acordos sociais públicos e transparentes, é assim que devemos agir também no partido. Nesse sentido, acho seu posicionamento absolutamente correto. Exatamente por fazer parte do governo, sei o quanto o PT, como força política, ainda pode contribuir com ele. Tenho certeza que é apenas uma questão de tempo... Forte abraço e parabéns. Flávio